.

E http://dicasdaantenadaereciclada.blogspot.com/: Com dicas de locais interessantes, compras, decoração, diversão tendo por objetivo a reciclagem, o estar em dia com o que acontece contribuindo para você viver melhor!

.

Related Posts with Thumbnails

domingo, 26 de abril de 2009

Transtornos Alimentares parte 2

Anorexia Nervosa

A anorexia nervosa é um transtorno alimentar causado pela busca excessiva da perda de peso corporal, resultado de uma rígida e insuficiente dieta alimentar.
É uma doença física e também psicológica, mesmo o anorexico muito magro se vê obeso. A busca incessante da magreza faz com que o doente exagere nos exercícios físicos, faz jejum, vomita (o anorexico pode também sofrer de bulimia), toma laxantes e diuréticos . Em 90% dos casos de anorexia acontece em adolescentes e mulheres jovens, mas o índice de anorexia tem crescido em um nível considerável em pacientes homens.
Muitas podem ser as causas da anorexia nervosa, predisposição genética, a moda, onde o conceito de beleza é a magreza, pressão da família ou de grupos sociais, e alterações neuroquimicas cerebrais.
O anorexico se torna escravo das calorias e de crenças em relação a alimentos ficando cada vez mais triste e irritado. Progressivamente isolando da família e de amigos, não admite ter problemas e a receber ajuda, muitas vezes a família demora a perceber a doença, assim o anorexico podem não receber o tratamento adequado até que fique perigosamente magro e desnutrido, podendo levar até a morte.

Sintomas:

Perda de peso em curto espaço de tempo;
Recusa em participar de festas, eventos e até mesmo de refeições;
Preocupação exagerada com o valor calóricos dos alimentos;
Interrupção do ciclo menstrual;
Perda de formas femininas;
Atividade física exagerada;
Distorção da própria imagem;
Depressão, síndrome do pânico;
Comportamentos obsessivos e compulsivos;
Pele extremamente seca;
Progressivo isolamento da família e amigos.

Complicações Médicas

Desnutrição e desidratação;
Osteoporose;
Parada do ciclo menstrual;
Intolerância a frio;
Anemia;
Diminuição da pressão arterial;
Motilidade gástrica diminuída;
Redução da massa corporal;
Infertilidade em casos crônicos.

Tratamento:

A reintrodução alimentar deve ser gradativa, pois ao contrario poderia causar grande sobrecarga cardíaca. Em muitas vezes é necessário a internação do paciente para que a reintrodução alimentar seja controlada por um profissional da área, um nutricionista.
Medicamentos como antidepressivos podem ajudar em sintomas como compulsão e ansiedade, pois não existe medicamentos especifico para anorexia nervosa. O acompanhamento de psicólogos e psiquiatras com terapias familiar ou individual são muito produtivos. Após a melhora dos sintomas o paciente deve continuar ser acompanhado para prevenir recaídas.

video

Nenhum comentário: