.

E http://dicasdaantenadaereciclada.blogspot.com/: Com dicas de locais interessantes, compras, decoração, diversão tendo por objetivo a reciclagem, o estar em dia com o que acontece contribuindo para você viver melhor!

.

Related Posts with Thumbnails

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

OS SETE MANDAMENTOS DE COMO ELABORAR UM BOM CURRÍCULO:

Um bom produto precisa de uma boa apresentação. Quando o nosso currículo não chama a atenção é por que faltou uma boa apresentação, lembre-se que o seu não será o único que a empresa vai receber.

Quando um mau profissional mente sobre suas qualificações em seu currículo, ele não passa da primeira entrevista, pois normalmente estas são conduzidas por pessoas habilitadas.

Pois bem elaborado é a porta de entrada de uma empresa.

Excelentes profissionais não são chamados para entrevistas, por não saber fazer seu marketing pessoal, podemos dizer assim, vender em seu currículo a idéia do profissional que a empresa está selecionando.
E podem perder a oportunidade para outros candidatos, não tão qualificados quanto eles, mas que tem um currículo bem mais elaborado.

Quando for chamado para uma entrevista, mesmo que não solicitado, não saia de casa sem o seu currículo.

Certificados e fotos devem seguir junto com currículo apenas quando for solicitado, (tanto por e-mail quanto numa entrevista).

Antes de enviar confira se tem erros de ortografia ou digitação.

Um currículo precisa ter dois pontos a seu favor:

- Ele não pode ser seu inimigo nos processos seletivos te excluindo de um telefonema de seleção;
- Tem que aparentar organização e estar limpo dando a chance de te apresentar em uma empresa.

Por isso tenha cuidados na elaboração de seu currículo, aí vão algumas dicas:

ELABORANDO UM CURRÍCULO

10 - Primeiro seus DADOS PESSOAIS:

Procure sempre ter seu nome destacado, endereço completo, telefone fixo, número do celular e e-mail profissional, Já vi endereços de e-mail tipo: jujubinha@.... ou então tatypricezinha@...., se não tiver um e-mail profissional, crie somente para isso existem vários provedores grátis.

2 - OBJETIVO:Neste campo devemos colocar o cargo que pretendemos ou a área que atuamos.

3 - FORMAÇÃO E CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO:Nome da instituição de ensino o curso, e o ano ou semestre (período ou se está trancado) apenas colocando o último grau de formação, não é necessário colocar desde o ensino médio até o ensino superior.
No caso de cursos extracurriculares ou de aperfeiçoamentos, procurar focá-los ao perfil profissional a que se destina.
Se tiver especialidade em mais de uma área, faça currículos específicos.

3 - IDIOMAS:Se tiver diga quais e o grau de conhecimento se básico, intermediário ou fluente.

4 - INFORMÁTICA:Os softwares e/ou programas que conhecimento.

5 - EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL:Nome da(s) empresa(s) onde trabalhou, tempo de trabalho, função e uma síntese das atividades.
No caso de mais de um emprego aplica-se a regra os últimos serão os primeiros.
(Procuro fazer assim: Não coloco mais que os cinco últimos empregos, pois o currículo tem que ser o mais objetivo possível, um bom currículo tem no máximo duas linhas).

6 -INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES:Caso tenha alguma experiência no exterior ou algumas atividades em trabalho social e voluntariado.

7 - DATA:Pode ou não ser colocada, pois se lembre que a maioria dos currículos são enviados por meio eletrônico e muitas vezes não colocamos nem data e muito menos assinatura, porém o currículo que se leva a uma entrevista, pode ser datado.

links do Google tem sempre uma novidade. Clique.
Solicite informações sobre nossa apostila "ASSISTENTE DE DIRETORIA" alinemarc@ymail.com

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

DISTURBIOS DO SONO

POR SOFRER DESTE DISTURBIO, ACHEI LEGAL POSTAR ALGO POR AQUI QUE FALASSE
SOBRE ESS MAL QUE MUITOS SOFREMOS.
ESTAVA BUSCANDO ENTENDER MAIS SOBRE ESSE DISTURBIO E ENCONTREI ESTE TEXTO
QUE ACHEI BEM INTERESSANTE.
E ESTOU POSTANDO E DIVULGANDO O SITE DE ONDE EU ENCONTREI:

FONTE:http://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/000800.htm

Definição:
Um padrão alterado de sono que pode incluir a dificuldade de adormecer ou de continuar dormindo, adormecer em horários impróprios, tempo total de sono excessivo ou comportamentos anormais associados ao sono.

Causas, incidência e fatores de risco:
Foram identificados mais de 100 distúrbios diferentes do sono e da vigília, que podem ser agrupados em 4 categorias principais: problemas para adormecer e continuar dormindo, problemas para permanecer desperto, problemas para manter um horário regular de sono e comportamentos que perturbam o sono.

PROBLEMAS PARA ADORMECER E CONTINUAR DORMINDO
A insônia inclui qualquer combinação de dificuldade de adormecer, de continuar dormindo, vigília intermitente e despertar matinal precoce. Os episódios podem ser transitórios, de curta duração (2 a 3 semanas) ou crônicos. Doenças, depressão, ansiedade, estresse, ambiente inapropriado para dormir, cafeína, abuso de álcool, fumar em excesso, desconforto físico, cochilos durante o dia, certas condições clínicas e outros hábitos de sono contraproducentes, como deitar-se muito cedo e ficar desperto na cama durante um período excessivo, são fatores comuns associados à insônia.

Os distúrbios podem ser:

psicofisiológicos (insônia aprendida)
síndrome da fase de sono retardada
distúrbio de sono dependente de hipnose
distúrbio de sono dependente de estimulante
PROBLEMAS PARA PERMANECER DESPERTO
Os distúrbios de sonolência excessiva são chamados de hipersomnias e incluem:

apnéia do sono
narcolepsia
mioclonia noturna
apnéia obstrutiva do sono
paralisia isolada do sono
apnéia central do sono
hipersomnia idiopática
fraqueza muscular respiratória associada ao distúrbio do sono
A apnéia do sono afeta homens obesos de meia-idade, provocando paradas intermitentes da respiração durante o sono e resultando em sonolência diurna excessiva. A narcolepsia é uma condição de episódios de sono diurno, a despeito do sono adequado à noite, e pode afetar ambos os sexos no início da vida adulta. A mioclonia noturna é uma condição que envolve movimentos periódicos das pernas durante o sono, com sonolência diurna associada ou queixas de insônia.

PROBLEMAS PARA MANTER UM HORÁRIO REGULAR DE SONO
Também podem ocorrer problemas para manter um horário consistente de sono e vigília, em conseqüência de perturbações dos horários normais de sono e vigília. Isso ocorre quando se faz uma viagem com mudança do fuso horário, e em pessoas que trabalham em turnos, particularmente aquelas que trabalham à noite.

Esses distúrbios incluem:

percepção errônea do estado de sono (a pessoa realmente dorme por um período diferente do que ela acredita ter dormido)
distúrbios do sono por trabalho em turnos
pessoa que dorme pouco por natureza (a pessoa dorme menos horas do que o "normal", mas não sofre nenhum efeito negativo)
síndrome da mudança de fuso horário crônica
síndrome do sono e vigília irregulares
COMPORTAMENTOS QUE PERTURBAM O SONO
Os comportamentos anormais durante o sono são chamados de parassonias e são bastante comuns em crianças. Entre eles, incluem-se:

distúrbios de terror durante o sono
caminhar no sono
distúrbio de comportamento REM (um tipo de psicose relacionada com a falta de sono REM e falta de sonhos)
O distúrbio de terror durante o sono caracteriza-se por acordar subitamente com medo, sudorese, freqüência cardíaca acelerada e confusão. A pessoa que anda durante o sono, não se lembra disso. Esse distúrbio afeta crianças de 2 a 12 anos de idade e pode também ser causado por uma síndrome orgânica cerebral, reações às drogas, psicopatologia e doenças clínicas em adultos.

links do Google tem sempre uma novidade. Clique.
Não deixe de solicitar informações sobre nossa apostila "ASSISTENTE DE DIRETORIA" alinemarc@ymail.com


video